Distance and hybrid learning | Education insights

Como redigir um plano de continuidade da educação eficaz

Por centenas de anos, a escola era um lugar físico em que a aprendizagem seguia uma fórmula comum que não mudava muito de uma década para outra. Porém, desde o início da pandemia da COVID-19, os educadores foram solicitados a adaptar suas abordagens tradicionais rapidamente e, para muitos, em tempo real.  

Quando a necessidade de ensino à distância se tornou uma realidade súbita e chocante para as escolas naquele ano, alguns professores e administradores já estavam preparados para a aprendizagem em casa. Os resultados do 2º semestre variaram, mas todos chegaram ao final com novos aprendizados em mãos.

Agora, à medida que o novo ano letivo avança, os gestores escolares esperam sair do modo reativo e entrar em um estilo de gestão mais proativo e estratégico que garanta a continuação da aprendizagem sem problemas e que os alunos alcancem os melhores resultados possíveis. 

Recentemente, Coby Gurr, gerente geral de software da Lenovo, e Titania Jordan, diretora de marketing da Bark, reuniram-se para um debate virtual sobre os maiores desafios dos educadores para este ano letivo e como o LanSchool pode ajudar a resolvê-los. Gurr compartilhou que acredita que criar um Plano de Continuidade da Educação (PCE) é a tarefa mais urgente dos administradores este ano.  

O que é um PCE?

Um PCE fornece a todas as principais partes interessadas na educação de um aluno (administradores e funcionários da escola, professores, pais e os próprios alunos) as diretrizes necessárias para garantir que o aprendizado continue quando as rotinas forem interrompidas devido a uma emergência, crise, mau tempo ou outro evento incomum. Seu trabalho é eliminar a incerteza e definir expectativas claras para apoiar a segurança de todas as partes e a continuidade do aprendizado, independentemente do formato. 

Sem um PCE, as escolas provavelmente permanecerão no modo reativo a cada obstáculo que encontrarem, podendo afetar o aprendizado dos alunos. 

O que um plano de continuidade da educação deve incluir?

Nem todas as escolas compuseram um PCE, então, você pode não saber que tipo de informação incluir. Aqui estão algumas diretrizes para detalhar o plano da sua escola ou região: 

  1. Norteie seu plano com um apelo mobilizador 

Da mesma forma que as empresas começam com uma declaração de missão ou valores fundamentais, as escolas devem fornecer uma norma, por escrito, pela qual professores e alunos possam medir suas decisões e desempenho.  

Prepare o terreno para todas as partes se empenharem ativamente na manutenção da saúde e bem-estar físico e emocional dos alunos, enquanto lidam com circunstâncias incomuns. Ao falar sobre aprendizagem à distância, estabeleça as metas da escola para seus alunos e compartilhe como a aprendizagem à distância eficaz pode apoiar essas metas. Sua introdução deve ser empática, encorajadora e inspiradora de forma a colocar sua equipe no caminho certo. 

  1. Mapeie sua estratégia de resposta e recuperação de emergência. 

Dependendo do tipo de interrupção que você está enfrentando, pode ser necessário ativar a equipe para garantir que alunos, professores, donos de escolas e TI sejam mantidos seguros. Defina os diferentes tipos de interrupções que você pode encontrar por exemplo, emergência (urgente, mas de pequena escala), desastre (urgente e generalizado) e crise (potencialmente devastadora para os recursos existentes); e defina o protocolo de resposta e hierarquia de comunicação para cada categoria. 

Esta parte do plano deve incluir uma estratégia de sucessão para as principais funções. Também deve incluir procedimentos operacionais para avaliar e relatar a interrupção, comunicar sobre o evento e recuperar sistemas. Veja um exemplo de um PCE de resposta a emergências completa aqui.

  1. Deixe todos a par das ferramentas de aprendizagem à distância disponíveis. 

Seu PCE deve incluir uma lista de soluções de software de ensino e outras tecnologias que serão usadas se/quando os alunos estiverem tendo aulas remotamente. Isso pode incluir:

  • Software de gerenciamento de sala de aula 
  • Soluções de segurança 
  • Plataforma(s) de videoconferência aprovadas 
  • Painel de discussão on-line ou central de tarefas 
  • Plataforma de conteúdo digital 
  • Quaisquer outras ferramentas que professores e alunos usarão 

Junto a uma descrição rápida dos usos de cada ferramenta, é uma excelente ideia incluir também links para a base de conhecimento e tutoriais de cada tecnologia, a fim de que os usuários se atualizem mais rapidamente. Para evitar possíveis problemas de privacidade, as escolas também devem incluir comunicações detalhadas sobre como a tecnologia será usada, especialmente para os programas capazes de gravar ou monitorar os alunos enquanto eles trabalham.

  1. Defina funções claras e expectativas para todas as partes interessadas. 

Seu plano deve detalhar as expectativas da escola para cada grupo importante: 

  • Administrador e equipe: Defina suas expectativas para os membros da equipe, incluindo não apenas diretores e vice-diretores, mas bibliotecários, conselheiros e membros da equipe de tecnologia. Essas expectativas podem abranger coisas como a comunicação com professores, pais e alunos; a frequência com que eles devem se reunir com seus superiores; e quaisquer outras responsabilidades incomuns que eles receberão, em caso de interrupção. 
  • Professores: Além de continuar a ensinar remotamente durante uma interrupção, explique que os professores devem ser responsáveis por compreender as condições de aprendizagem à distância e os possíveis desafios de cada um dos seus alunos. Eles também precisarão de orientações claras sobre como você quer que eles equilibrem o aprendizado síncrono e assíncrono. Assim como na sala de aula, os educadores devem buscar personalizar as lições e expectativas, sempre que possível, enquanto ensinam à distância. Também é útil fornecer aos professores diretrizes para alterar o currículo ou estilo de ensino (por exemplo, simplificar tarefas), como administrar e pontuar provas/testes, e diretrizes para o engajamento on-line seguro e apropriado com alunos e pais. 
  • Pais: Os pais também são novos na aprendizagem à distância, e é por isso que o plano deve oferecer as melhores práticas, como estabelecer rotinas e espaços de trabalho físicos, acompanhar as comunicações dos professores, conferir regularmente os alunos para apoiar o aprendizado e bem-estar emocional deles, e monitorar o aprendizado vs. o tempo social para garantir que ocorra um bom equilíbrio. 
  • Estudantes: Forneça aos estudantes um minicódigo de conduta voltado para resposta a desastres e instruções on-line, incluindo diretrizes de cidadania digital para interação com professores e outros alunos on-line. Isso pode incluir regras de código de vestuário e comunicação, bem como expectativas para participação em aula.  
  1. Organize uma lista de canais de comunicação para aprendizagem à distância. 

Haverá uma variedade de comunicações fluindo, entre todos esses grupos, enquanto a aprendizagem à distância está acontecendo; por isso, facilite fornecendo diretrizes claras sobre quando usar cada canal. Os canais podem incluir: 

  • E-mail; 
  • Telefone / mensagem de texto; 
  • GSuite, Teams, Zoom ou outras ferramentas de conferência; 
  • Mensagem por software de gerenciamento de sala de aula; 
  • Boletins digitais e painéis de discussão; 
  • E outros. 

Caso os alunos e pais tenham que verificar um ou mais desses canais regularmente, explique também essas expectativas para a continuidade do aprendizado. 

  1. Ofereça programações diárias gerais por ano de escolaridade. 

Por fim, inclua as programações diárias para cada ano de forma que pais e alunos tenham clareza sobre o que esperar. É muito mais fácil equilibrar as necessidades emocionais e de aprendizagem do aluno, quando você sabe o que esperar dele ao longo do dia. 

  1. Adapte seu plano às necessidades e à cultura da sua escola. 

Cada escola tem cultura própria, portanto, se possível, certifique-se de que a sua brilhe. Isso manterá as equipes engajadas e o moral mais alto durante uma interrupção. 

Por exemplo, se seus professores são altamente sociais, inclua eventos agendados, como o Horário Social Virtual do Corpo Docente ou Perguntas e Respostas do Administrador, para manter a equipe engajada. Algumas escolas que estão empenhadas em aprendizagem híbrida podem querer detalhar claramente como as expectativas mudam com base no formato de aprendizagem.  

A conclusão é que seu Plano de Continuidade da Educação deve ser o mais abrangente possível e adaptado à sua escola. 

O LanSchool está aqui para ajudar

Se você é um cliente LanSchool, encontrará todos os recursos técnicos necessários para a aprendizagem à distância em nosso Centro de Recursos do Cliente, bem como uma variedade de conselhos e orientações em nosso blog.  

Este ano letivo será diferente de todos os outros anteriores, e é por isso que sua liderança é tão importante. Lidere de forma eficaz, dando à sua equipe a orientação, e as ferramentas necessárias para ter sucesso, e a inspiração para fazer experiências de aprendizagem significativas acontecerem. 

Quer implementar um software de gestão de salas de aula, baseado em nuvem, para dar suporte ao seu plano de continuidade da educação? Experimente o LanSchool Air gratuitamente por 30 dias.

Get in Touch

Contact us today to learn more about LanSchool licenses, features, and benefits.

Try LanSchool for Free

Ready to see how LanSchool can transform your school or district?